NAPq – Núcleo de Apoio à Pesquisa – COLTEC

NAPq – Núcleo de Apoio à Pesquisa – COLTEC

O que é

O NAPq é o órgão responsável pela conexão entre a Pró-Reitoria de Pesquisa – PRPq e o COLTEC. Organiza, principalmente, a parte administrativa relativa à concessão de bolsas de iniciação científica e de iniciação científica júnior.

Coordenador – Alfredo Luis Mateus

Sub-coordenadora – Mariana Costa Duarte

Localização – COLTEC, sala 161

Telefone – 31 3409-4964

e-mail:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Professor do COLTEC desenvolve tratamento para leishmanioses a partir de fungo

Um grupo de pesquisadores, incluindo o professor Eduardo Coelho do Setor de Patologia Clínica do COLTEC, vem desenvolvendo projetos de pesquisa objetivando um tratamento mais efetivo para as leishmanioses, através do uso de substâncias purificadas a partir extrato do cogumelo do Sol Agaricus blazei 

As pesquisas foram feitas por um grupo de professores da UFMG – do Colégio Técnico e do Instituto de Ciências Biológicas – e da PUC Minas, juntamente com a cooperação da empresa Minasfungi do Brasil. As mesmas indicam que substâncias presentes no fungo são eficazes no combate ao parasita, possuindo eficácia similar aos medicamentos disponíveis no mercado, mas sem os efeitos colaterais provocados pelos mesmos. Segundo o professor Eduardo Coelho, “após o tratamento por via oral, animais infectados com Leishmania apresentaram, em vários órgãos avaliados, redução muito mais acentuada do número de parasitas do que animais dos grupos controles, e não apresentaram os efeitos colaterais que foram observados nos animais tratados com um medicamento convencional, a anfotericina B”.

A maioria dos testes foi desenvolvida no Laboratório de Biotecnologia Aplicada ao Estudo das Leishmanioses, situado no Setor de Patologia Clínica do COLTEC, sob a supervisão do professor Eduardo Coelho e colaboração dos professores Carlos Alberto Pereira Tavares e Wiliam César Bento Régis; e faz parte da tese de Doutorado de Diogo Valadares. O COLTEC contribuiu com a infraestrutura e investimento parcial no projeto. A pesquisa vem rendendo publicações em sites e revistas de abrangência nacional e internacional, além de entrevistas em rádios e emissoras de televisão. Além do resultado positivo para um melhor tratamento da doença, o projeto tem sido de extrema importância para o reconhecimento, tanto local, nacional e internacional, de seus pesquisadores e do Colégio Técnico da UFMG.

Para mais informações, acesse:  https://www.ufmg.br/boletim/bol1731/4.shtml